Economia

EXPERT XP | Liderança em tempo de crise


Expert Session | Guilherme Benchimol, Carlos Brito, José Galló E Rafael Furlanetti Por Higor Vieira (Para O Investimentos Blue)

Guilherme Benchimol, CEO da XP Inc. comentou sobre a 2ª onda do Covid. O desafio foi grande para trazer proteção a toda equipe, trazendo junto uma nova forma de trabalho para o modelo de negócio.

Além disso, houve um lado social importante, com a causa de ajudar as pessoas na miséria, engajando os clientes a trazer cada vez mais esse sentimento de ajudar o próximo.

Segundo José Galló, CEO das Lojas Renner, numa situação como esta da pandemia, é fundamental que a companhia desse todo o suporte aos colaboradores, com um constante contato com líderes após migração para o home office, tentando manter o máximo da normalidade possível com mais de 600 lojas fechadas.

Carlos Brito, CEO da AB InBev, reforçou que a empresa em breve terá pontos de venda especiais para melhor acessibilidade ao cliente.

Segundo ele, ficou claro que, para resolver um problema como a pandemia, é preciso muita colobração, partindo de várias frentes - iniciativa pública e privada, ONGs, etc.

Brito questionou ao Benchimol sobre o aprendizado que a pandemia deixou. O CEO da XP Inc. respondeu que o maior legado foi que o mercado precisa muito menos de espaço físico do que o necessário, trazendo uma nova forma de trabalho, mais eficaz, agenda mais efetiva, além do aumento da qualidade de vida,.

Com as pessoas mais conectadas e o comprometimento com a companhia por parte dos colaboradores por meio do home office. Todo o ecossistema ficou muito melhor.

Brito reforçou que o pânico e o medo têm seu lado positivo, fazendo com que o trabalho em casa traga mais liberdade e empoderamento para as pessoas, e consequentemente mais eficiência e menos burocracia e disrupções internas.

Galló reforçou que o estilo de gestão também mudou. Foi preciso se adaptar à realidade da inovação.

Os treinamentos internos levavam para a complexidade, e hoje devem levar para a leveza. Isso também ajuda a trazer talentos inovadores e que respirem a empresa e seus clientes. Também reforça que é importante a empresa preparar os colaboradores para a resiliência e para a imprevisibilidade.

Benchimol finalizou que o maior segredo é sonhar grande e começar pequeno. Mas não deixar de parar a corrente do bem.

A crise não acabou e é importante cada um fazer sua parte. Brito também finalizou que continua otimista com o Brasil e que a empresa continuará acreditando em novos talentos e na "dor de dono" que cada um precisa ter.

E Galló conclui que o grande valor do país nos próximos anos serão as empresas. Ele comparou a crise com um furacão, que possui sua parte destrutiva, mas nunca deixa de ter energia. Isso fez com que as pessoas se redescobrissem no novo modelo que vivemos.

Redes sociais da BlueTrade

Instagram: https://www.instagram.com/BlueTradeInvest/
Facebook:
https://www.facebook.com/BlueTradeInvest
Linkedin:
https://www.linkedin.com/company/BlueTradeInvest
YouTube:
https://www.youtube.com/BluetradeTv

Compartilhe esse artigo: